Prévia de Daily Chthonicle

July 6, 2016

Temperado com

No dia 13 de julho Daily Chthonicle chega ao Acesso Antecipado do Steam.

Mesmo em seu estado de Acesso Antecipado Daily Chthonicle já mostra que não há limites na criatividade quando o assunto são jogos. O jogo foi gratuito por muito tempo no site Indie Database e inclusive deu as caras no meu canal durante um Teste Triplo recente:

 

 

Dito isso, considerem que o jogo está idêntico ao que foi mostrado nesse vídeo, parece que a versão freeware 2.0 foi transferida para o Steam talvez para arrecadar mais dinheiro e aprimorar o título. Considerem também que esta resenha foi feita antes do lançamento do Acesso Antecipado. Eu sei que você já leram isso ali em cima, mas é bom relembrar.

 

Pros:

  •  A temática do jogo é de longe seu ponto mais forte. Você é o editor-chefe de um jornal modesto numa cidadezinha de interior cheia de mistérios, corrupção, horrores e intrigas sobrenaturais. Seu objetivo é enviar seus fieis repórteres nas maiores furadas que ninguém em sã consciência aceitaria, a não ser que você esteja mesmo atrás do grande "furo" e almeja o tão sonhado prêmio Pulitzer.

  •  A jogabilidade dele lembra títulos como Zafehouse: Diaries, Rebuild 3, King of Dragon Pass, ICY, e The Yawhg. Você não vai ter muita ação, os obstáculos são resolvidos através de porcentagem e essa probabilidade é calculada considerando os recursos em mãos, a dificuldade e o progresso na história.

  •  A escolha estética do jogo é interessante, parecer realmente com um jornal, ter um tom noir e pré-1950 também ajuda bastante aceitar os gráficos simplórios. Mas se o jogo obter o sucesso adequado, eu vejo esta série tomando força e expandido em qualidade e escopo mais rápido do que o esperado.

  •  A maior preocupação do desenvolvedor no momento é aprimorar mais ainda a engine narrativa do jogo. É algo louvável, que vem sendo feito faz tempo, será utilizado em outro jogo (Terry Winter) e inclusive rendeu um financiamento coletivo:

  •  O jogo tem separado um modo "confronto" (skirmish) com um objetivo claro, por exemplo: impedir alguma entidade cósmica de ser invocada e acabar com a humanidade (as disponíveis no momento são o Cthulhu, Yog-Sothoth, Azathoth e Shub Niggurath).

  •  Ainda acho que poderiam incluir também um outro jornal que na realidade é comandado por cultistas ou mesmo o próprio Nyarlathotep. Parecido com o que foi feito em Bounty Train. E temos também o "jogo longo" (o equivalente de um modo sobrevivência) em que você simplesmente vai tentando manter o jornal aberto, ano após ano com histórias aleatórias.

Contras:

  •  A falta de música durante o jogo. Ele tem um som estranho e ameaçador que fica no fundo tocando repetidamente.

  •  Depender de RNG (aleatoriedade) é sempre um risco em qualquer jogo. Nem toda engine sabe fazer isso corretamente, eu ainda não tive a oportunidade ainda de esbarrar com algum momento de Daily Chthonicle em que esta inferioridade ficara em evidência. Mas é um risco e as pessoas que não gostam desse tipo de jogo vão ficar frustradas.

  •  Não ter animações, boa parte do jogo ser em preto e branco, e utilizar apenas fotos e desenhos pode desanimar alguns.

Conclusão:
Eerie & Ominous (estranho e ameaçador). São as duas palavras que melhor definem a experiência de Daily Chthonicle. A cada lugar investigado é a sensação de mistério e inaptidão que faz o jogador continuar avançando. E isso é o arcabouço de um jogo bem feito ambientado nos horror cósmico de H.P. Lovecraft. 

Please reload

Publicações em Destaque

Jogos do Steam Extremamente Baratos!

July 4, 2017

1/7
Please reload

Publicações Recentes

December 30, 2016

Please reload

Archive